Bruxas na . net

Conselhos e Tratamentos Espirituais

Alguns dos nossos artigos:

Peixes

Hoje é possível de estar introvertido e procura o contato para a família e/ou seu parceiro/cônjuge.

 

Já nos tempos pré-cristãs a medicina estava na mão feminina; até ao século 15. Os feiticios e rezas dessas mulheres sábias eram praticamente a única fonte de medicina. Homens mal se ocupavam com este ramo: doenças passavam como „possesões demóniacas “ – e o único “medicamento” legal era o exocismo. Mesmo mais tarde os médicos masculinos eram exclusivamente para os ricos. Os pobres – qual faziam parte da maioria da população – iam ter com a „bruxa da aldeia“. Tratavase quase sempre de uma mulher sábia. Essa sabedoria era passado de geração pra geração.
Ela não só ajudava com a medicina, como também com dicas para o dia a dia e uma ou outra reza.
A sabedoria era passada apenas a poucas pessoas, uma vez que as velhas tradições, receitas e medicamentos não eram para toda a gente: Provávelmente uma das razões, porquê que elas não eram bem vistas pelos padres cristãs e pelas outras religiões patriátricas.

 

 

Utensilios de uma bruxa

As bruxas não têm regras fixas por qual se têm de orientam. Cada bruxa está livre de utilizar as ferramentas que queira. Ao longo do tempo, alguns utensilios mágicos provaram-se a serem úteis: por uma, porque são práticas e apoiam bem as tarefas, por outra, por outro por ter um grande poder atravéz da sua simbologia. Alguns utensilios mágicos são muito importantes: espada (ou punhal), pau, copa e discos. Essencial – acho eu – é a luz de uma ou mais velas. Cada um escolhe o que quer utilizar e quando os quer utilizar. Existem também várias bruxas que não utilizam nada. Quando possível deve se criar as suas próprias ferramentas – ou quando não é possível, pelo menos de enfeitar com os seus símbolos e cores.

Efemérides

Aquário
Sol em Aquário
28 Grão(s)
Peixes
Lua em Peixes
7 Grão(s)
Lua Crescente
Lua Crescente
Idade do ciclo: 2 Dia(s)

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Ver política